sexta-feira, 20 de junho de 2014

Ei, e o spray da Copa, hein? - GIZMODO

Por: 
18 de junho de 2014 às 18:54

Se você está vendo os jogos da Copa nos últimos dias, deve ter reparado que os juízes estão usando um spray — alguns até demais. Se você não entende muito de futebol, pode estar se perguntando para que serve isso. Bem, aqui vai a explicação.

Então, o que é essa espuma e como ela sai da minha chuteira?

No futebol, quando uma falta é cometida fora da grande área, o time que sofreu a falta ganha um tiro livre, e os oponentes têm que ficar a no mínimo 9,15 metros de distância.
Parece simples, e no começo do esporte, o árbitro podia até mesmo estimar a distância visualmente, ou medi-la, caso o time que fosse bater a falta pedisse. Entretanto, pela primeira vez numa Copa do Mundo, os juízes estão marcando tanto o local em que a falta foi cometida quanto a distância mínima para os adversários.
Os árbitros usam uma espuma chamada 9.15 Fair Play, um spray que desaparece alguns minutos após o uso. Ele foi desenvolvido pelo jornalista argentino Pablo C. Silva, que deu o nome de 9.15 por causa, claro, da distância.

Mas por que é necessário?

Bom, se você está jogando uma Copa do Mundo, deve saber que não pode ficar a menos de 9,15m da bola numa cobrança de falta. Mesmo assim, sabe como é, jogadores de futebol se jogam, tentam inventar faltas, então eles sempre tentam ficar mais perto que isso.
Foi por isso que Silva inventou este spray. Ele jogava num campeonato amador na Argentina e via os jogadores constantemente adiantando as barreiras, e o juiz nunca fazia nada. Então, ele inventou o spray para manter a distância. A espuma é uma mistura de água, butano e um agente tensioativo. Tudo isso fica comprimido numa lata de aerosol. Existem outros similares, mas o spray patenteado de Silva foi o convocado para a Copa do Mundo.

Por que isso é importante?

Assim como o governo e seus pais, a FIFA adora uma regulaçãozinha — e, claro, ela só faz isso porque gosta de você. Logo, para manter a ordem e proteger as regras, ela está instituindo mais regulações que permitam o fair play. O spray e a tecnologia de ver se a bola entrou ou não, que já foi usada nesta Copa e poderia ter evitado erros em 2010, são exemplos perfeitos disso.
Entretanto, eu acho que estas restrições podem acabar com a beleza do jogo. É muita tecnologia, gente. Desse jeito, vão acabar colocando robôs para jogar futebol. [ Core77; Business Insider Australia]
Texto e imagem extraídos do site GIZMODO.
http://gizmodo.uol.com.br/spray-copa-do-mundo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário