sábado, 16 de julho de 2016

Anunciados os vencedores do Prêmio "Modernism in America" 2016


Anunciados os vencedores do Prêmio "Modernism in America" 2016, Cortesia de Docomomo US
Docomomo US anunciou os vencedores de seu Prêmio Modernism in America 2016, que reconhece projetos nos Estados Unidos que destacam e promovem a restauração de arquiteturas e paisagens do pós-guerra.
O Prêmio Modernism in America é o único programa nacional que celebra "pessoas e projetos que trabalham para preservar, restaurar e reabilitar nosso patrimônio histórico moderno sensitivamente e produtivamente. O programa procura avançar em esforços de preservação; aumentar a apreciação pelo período e promover a conscientização das ameaças contínuas contra a arquitetura e o design modernos".
Os vencedores do Prêmio Modernism in America 2016 são:
Prêmio de Excelência:
Mellon Square; Pittsburgh, PA
© Ed Massery 2014 for the Pittsburgh Parks Conservancy
O Prêmio de Design Cívico/Institucional de Excelência é concedido ao restauro do Mellon Square de Pittsburgh. Idealizado como um marco do pós renascimento WWII de Pittsburgh por Richard King Mellon e o Prefeito David L. Lawrence, este espaço foi projetado em parceria pelos arquitetos Mitchell & Ritchey e pelos arquitetos paisagistas Simonds & Simonds. Foi aberto em 1955 como a primeira praça urbana da nação projetada com um estacionamento subterrâneo e um espaço comercial como uma composição integral. Depois de entrar em declínio graças às intempéries, falhas sistemáticas e uso, um Plano de Preservação, Interpretação e Gerência foi desenvolvido primeiramente em 2008, informando a restauração de cinco anos e projeto de revitalização focado em recapturar a intenção do desenho original e solucionar problemas persistentes. O Presidente do Júri, o arquiteto Frederick Bland observou, "como uma das praças urbanas modernas mais antigas da nação – e um componente original do sucesso da história do renascimento da metade do século de Pittsburgh – esta detalhada e compreensiva restauração considera os usos tanto diurnos, quanto noturnos, incluindo uma exposição interpretativa para expressar o significado do design para o público e define uma doação para manutenção e operação de acordo público-privado para garantir a longevidade do projeto. Enquanto algumas paisagens urbanas modernas estão sendo destruídas pelo país, Pittsburgh encontrou uma maneira mais sábia".
Golden State Mutual Life Insurance Building; Los Angeles, CA
© Paul Turang
.
Frederick and Harriet Rauh Residence; Cincinnati, OH
© Cincinnati Preservation Association
.
Michigan Modern; Michigan
© James Haefner
.
Menção Honrosa:
Margaret Esherick House; Filadélfia, PA
© Jeffrey Totaro, cortesia de YODER design
O júri premia uma Menção Honrosa à conservação da Casa Margaret Esherick de Louis I. Kahn. O júri comentou: "uma residência rara do arquiteto e mestre Louis I. Kahn, esta casa foi restaurada pelos proprietários que meticulosamente procuraram uma abordagem de restauração aos moldes do gênio de Kahn. Extraordinariamente atento aos detalhes originais, incluindo os serviços de um pintor restaurador; restauração da idiossincrática cozinha original, projetada por Wharton Esherick, que já se fazia obsoleta, tornando-a útil os padrões atuais ao adicionar componentes contemporâneos numa área útil adjacente; e habilmente adaptando o espírito da característica persiana durante os meses de inverno, permitindo um futuro sustentável para a casa".
The Met Breuer; Nova Iorque, NY
© Peter Aaron
O júri premia uma Menção Honrosa para a restauração de The Met Breuer. Falando pelo júri, Deborah Dietsch e Joan Blumenfeld, FAIA, FIIDA, LEED, ID+C constataram, "durante décadas, o Museu Whitney de Marcel Breuer foi ameaçado por insensíveis incrementos e alterações. O edifício, que se tornou um familiar e amado ícone, é um dos melhores exemplos do período brutalista. Apesar do edifício não ter sido ameaçado por 20 anos, este projeto resume as melhores práticas de preservação, por respeitar as intenções do arquiteto, reinstalando o design como um evidência idealizada e viva da pátina arquitetônica adquirida pelo tempo. The Met Breuer é uma prova para outras instituições e cidades de que edifícios modernos como este são belos e merecem ser melhor entendidos, salvos e apreciados".
The Shepley Bulfinch Architecture Firm Office; Phoenix, AZ
© Nic Lehoux
O júri premia uma Menção Honrosa à restauração sensitiva do Shepley Bulfinch Architecture Firm Office no Phoenix Financial Center, South Rotunda. O júri observa, "uma pérola do deserto menos conhecida e exuberante, os detalhes originais do interior foram cuidadosamente restaurados e trazidos de volta à robustez da vida por um tenente. Pressões de desenvolvimento foram evitadas e a preservação deste edifício apoia o renascimento de um distrito da cidade. Este é ainda um outro exemplo de como menos é mais... como mesmo uma leve restauração valoriza a pátina dos materiais originais, quando este pode ser restaurado e salvo, em vez de substituído".
Houston: Uncommon Modern; Houston, TX 
© Photo: Rocio Carlon. Catalog Design: Jeffrey Liao
O júri premia uma Menção Honrosa de Sobrevivência/Inventário para o projeto Houston: Uncommon Modern. O júri observa: "Houston tem uma boa participação de edifícios modernos notórios da metade do século, mas este projeto - uma exposição, catálogo, viagem e painel de discussão - põe em destaque uma moderna estrutura "externa" numa cidade conhecida pela escassez de ordenamento ou etos de preservação robusta. 
Menção de Conquista Técnica:
United Nations Campus Renovation of Facades; Nova Iorque, NY

Nenhum comentário:

Postar um comentário