sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Novo navio hidroceanográfico brasileiro é lançado ao mar - Instituto de Engenharia

POR MCTI

Publicado em 10 de outubro de 2014


O estaleiro chinês Hangtong lançou ao mar o navio de pesquisa hidroceanográfico Vital de Oliveira. 

O evento, conhecido como "batimento de quilha", foi marcado pelo ato simbólico de "martelar" a quilha, que representa o "nascimento" da embarcação. 

O navio integrará o projeto do Instituto Nacional de Pesquisas Oceanográficas e Hidroviárias (Inpoh), ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. 

A previsão é que o Vital de Oliveira seja entregue à Marinha do Brasil em maio de 2015, após passar por Cingapura, para adequações técnicas e instalação dos equipamentos científicos. 

Ele terá a bordo um veículo de operação remota, um robô submarino, que irá operar a uma profundidade de 4 mil metros.

Adquirido em 2013, no valor de R$ 162 milhões, o navio hidroceanográfico resulta de acordo de cooperação do MCTI com o Ministério da Defesa (MD), por meio da Marinha, a Petrobras e a empresa Vale. 

Quando chegar ao país, o futuro "laboratório embarcado" deverá servir para estudos de caracterização física, química, biológica, geológica e ambiental de áreas oceânicas estratégicas do Atlântico Sul. 

Além de contar com equipamentos científicos, o navio pode abrigar até 40 pesquisadores, sem contar a tripulação. 

Com 78 metros de comprimento, o navio pode alcançar velocidade de 12 nós (22 km/h) e terá autonomia de 60 dias.
Texto e imagem extraídos do site Instituto de Engenharia.
http://www.iengenharia.org.br/site/noticias/exibe/id_sessao/4/id_noticia/8807/Novo-navio-hidroceanogr%C3%A1fico-brasileiro-%C3%A9-lan%C3%A7ado-ao-mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário