terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Primeiro projeto de Santiago Calatrava em Londres é orçado em um bilhão de euros

Complexo de três torres chamado de Peninsula Place será acessado por um viaduto estaiado em forma de tubo

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
6/Fevereiro/2017


Santiago Calatrava divulgou na semana passada o seu último projeto, situado na cidade de Londres, em específico, na Península de Greenwich. O Peninsula Place, complexo de três edifícios orçado em um bilhão de euros, também faz parte de um plano da prefeitura para revitalizar a região.
Os frequentadores do local terão acesso ao empreendimento por meio de um viaduto estaiado em forma de tubo, com cerca de 20 metros de altura. A passagem, toda em vidro, dará visão a um jardim de inverno. No total, serão 130 mil m² se somados os espaços da estação de ônibus, teatro, cinema, local para apresentações, bares, lojas e um centro de bem-estar.
O Peninsula Place faz parte do Greenwich Peninsula, um projeto de revitalização do governo londrino que trará mais 15.720 novas residências a sete bairros, com custo total de 8,4 bilhões de euros. Sozinho, o Peninsula Central, formado pelo Peninsula Place e por mais dois edifícios projetados pelo Allies & Morrison, garantirão mais 800 novos lares à cidade, sendo 200 classificados como acessíveis.
Além disso, a transformação também conta com um novo estúdio de filmagem, escolas, escritórios, serviços de saúde e espaços públicos à capital inglesa. Fazem parte dos escritórios contratados para projetar tais mudanças, além de Calatrava, profissionais como SOM, Marks Barfield, DSDHA, Alison Brooks e Duggan Morris.
O projeto é o primeiro de Calatrava em Londres. “Estou encantado que Santiago Calatrava tenha escolhido Londres para o seu primeiro grande projeto no Reino Unido. Isso mostra que Londres permanece aberta ao investimento, troca e aos maiores talentos ao redor do globo”, disse Sadiq Khan, prefeito da cidade.
“É uma honra projetar um pedaço do tecido de Londres, uma cidade que eu amo. Ao criar o projeto, fui inspirado pela rica herança arquitetônica londrina e pela geografia muito rica da Península. Será um projeto que reflete isso e a ambição do Knight Dragon para a Península de Greenwich”, declarou Calatrava.
Calatrava é responsável pela criação de diversas obras famosas internacionalmente, como o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiroo Pavilhão dos Emirados Árabes para o Expo 2020; e The Tower, a futura torre mais alta do mundo, em Dubai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário