sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Parques Villa-Lobos e Cândido Portinari, em São Paulo, ganham microcentral de abastecimento solar

Objetivo é que os locais se tornem autossuficientes e ainda gerem um excedente energético para abastecer a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
30/Janeiro/2017

A Companhia Energética de São Paulo (Cesp) completou neste mês a instalação de um sistema de abastecimento elétrico por meio de geradores solares nos parques Villa-Lobos e Cândido Portinari, na capital paulista. O objetivo é que os locais se tornem autossustentáveis e que ainda gerem um excedente que será cedido às instalações da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.
Divulgação: Governo de São Paulo
Para isso, foi necessária a construção de uma microcentral de 9 kWp (quilowatts-pico) e a instalação de 40 postes, que geram luz própria ao Villa-Lobos. Além disso, a iniciativa garante a iluminação da cobertura de 264 vagas para veículos no Parque Cândido Portinari, com cerca de três mil placas de captação de energia solar. O sistema será capaz de produzir, por ano, cerca de 665 MWh, para atender áreas do parque como o estacionamento, a lanchonete e a área de esportes.
Os parques, entretanto, seguem conectados à rede de fornecimento de energia elétrica da AES Eletropaulo, para uso no período da noite e em dias de alta nebulosidade. Participam do projeto a RTB Energias Renováveis e a AES Eletropaulo, com apoio das Secretarias de Energia e Mineração e do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Ele é considerado o maior com objetivo de mini geração solar distribuída em um parque no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário