sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Redemoinhos de fogo azuis fazem combustão sem fumaça

Por redação do Site Inovação Tecnológica -  

Redemoinhos de fogo azuis fazem combustão sem fumaça
Este é o redemoinho de fogo azul, quieto, silencioso e muito estável. [Imagem: Universidade de Maryland]
Redemoinhos de fogo
Um tornado de fogo, ou redemoinho de fogo, é uma das forças naturais mais devastadoras porque, além da força do vento, ele queima o que atingir.
Mas uma nova categoria desse fenômeno, que os pesquisadores batizaram de "tornado de fogo azul", promete aumentar a eficiência dos motores de automóveis e de vários processos industriais baseados na combustão, além de limpar o meio ambiente.
O fenômeno faz com que o processo de queima do combustível seja tão eficiente que não emite virtualmente nenhum material particulado, ou seja, ele queima sem emitir fumaça.
"Os redemoinhos azuis evoluem a partir dos tradicionais redemoinhos de fogo amarelo. A cor amarela é devida à irradiação de partículas de fuligem, que se formam quando não há oxigênio suficiente para queimar o combustível completamente," explica a professora Elaine Oran, da Universidade de Maryland, nos EUA.
O que a equipe descobriu é que, quando há oxigênio suficiente, a combustão é completa, o que significa uma queima mais eficiente, com pouca ou mesmo nenhuma emissão de fuligem, e de forma mais estável.
Redemoinhos de fogo azuis fazem combustão sem fumaça
A equipe descobriu como fazer os tradicionais tornados de fogo amarelo converterem-se em redemoinhos azuis. [Imagem: Universidade de Maryland]
Redemoinho tranquilo e estável
A equipe garante que esta é a primeira vez que os redemoinhos de fogo foram estudados com vistas à sua aplicação prática, mesmo porque não se conhecem muitas técnicas para gerar esses vórtices de forma controlada em laboratório.
"Um redemoinho de fogo é normalmente turbulento, mas esse redemoinho azul é muito tranquilo e estável, sem qualquer sinal de turbulência audível ou visível. É uma descoberta realmente entusiasmante, que oferece importantes possibilidades dentro e fora dos laboratórios," disse o principal descobridor do fenômeno, Huahua Xiao.
A equipe pretende agora aprimorar a técnica para gerar redemoinhos de fogo azuis de forma controlada, tanto em ambiente confinado - sob uma caldeira ou dentro de um motor a combustão, por exemplo - como em ambiente aberto.
Neste último caso, eles estão propondo uma solução radical para lidar com os vazamentos de petróleo e outros combustíveis no mar e em rios e lagoas: criar redemoinhos de fogo azuis que saiam queimando todo o óleo superficial, sem produzir fumaça e sem nem mesmo aquecer a água por baixo.

Bibliografia:

From fire whirls to blue whirls and combustion with reduced pollution
Huahua Xiao, Michael J. Gollner, Elaine S. Oran
Proceedings of the National Academy of Sciences
DOI: 10.1073/pnas.1605860113

Nenhum comentário:

Postar um comentário