segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Carro da Tesla define um novo padrão de perfeição

Model S P85D, da Tesla: a combinação entre potência e eficiência foi extraordinária
p85d-tesla
O P85D, da Tesla Motors Inc., que é a versão do Model S a bateria e com tração nas quatro rodas, ganhou 103 pontos em uma avaliação cujo máximo é 100, que foi realizada pela revista Consumer Reports.
A combinação entre potência e eficiência foi tão extraordinária que o grupo precisou reajustar seus métodos de avaliação para “dar conta do desempenho excepcionalmente forte desse carro”, de acordo com um comunicado.

O sedã da Tesla é o mais rápido já testado pela Consumer Reports e vai de zero a 97 km/h em 3,5 segundos usando o “modo insano” do carro.
No fim das contas, o carro recebeu a nota 100 que definiu um novo padrão de perfeição.
(O CEO Elon Musk já lançou depois o “modo absurdo”, ainda mais veloz).
O P85D é uma versão de alto desempenho e com tração nas quatro rodas do Model S, que é completamente elétrico e atingiu o equivalente a 36,99 quilômetros por litro de gasolina.
“Essa é uma pequena amostra do que podemos esperar no futuro, quando teremos carros com o desempenho dos supercarros e o conforto, a praticidade e a segurança de um automóvel de luxo, e tudo isso com um uso extremamente eficiente da energia”, disse Jake Fisher, diretor de testes automotivos da revista, em uma entrevista. “Nunca vimos todas essas coisas antes”.
Com base nas pontuações do P85D, a Consumer Reports precisou reavaliar como valorizar coisas como a aceleração, em que os carros da Tesla chegam a ser duas vezes mais rápidos do que outros veículos, disse Fisher.
“Quando você começa a ficar tão absurdamente rápido, com um uso tão absurdamente eficiente da energia, já não faz mais sentido manter a linearidade nessas condições”, disse ele.
Materiais do interior
A Tesla informou a venda de 11.532 unidades do Model S no segundo trimestre, e a companhia de Palo Alto, na Califórnia, entregou 21.577 unidades no primeiro semestre.
Devido aos riscos de produção ao começar a montagem em série do SUV Model X, a Tesla disse que agora pretende fornecer 50.000 a 55.000 automóveis neste ano, contra a meta original de 55.000.
Apesar da pontuação recorde, a revista criticou o carro de teste, de US$ 127.820, pela qualidade dos materiais do interior na comparação com outros modelos de luxo e também com um carro que é mais vigoroso e mais barulhento do que o Model S de base.
O P85D custa a partir de US$ 105.000.
No ano passado, o Model S ficou no topo da pesquisa realizada pela revista com os compradores pelo segundo ano consecutivo e obteve 98 pontos de uma pontuação máxima de 100, após ter conquistado 99 pontos no ano anterior.
O carro também foi a opção preferida pelo segundo ano consecutivo em testes de revistas independentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário