quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Metal vira vidro com técnica de resfriamento ultrarrápido - Inovação Tecnológica

Redação do Site Inovação Tecnológica - 03/09/2014

[Imagem: Li Zhong et al. - 10.1038/nature13617]
Vidro metálico puro
Os cientistas que trabalham com novos materiais procuram há muito tempo um modo de criar vidros a partir de metais puros, monoatômicos.
Li Zhong e seus colegas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, acabam de conseguir.
"Esta é uma questão fundamental explorada pelo pessoal da área há muito tempo, mas ninguém conseguia resolver o problema. As pessoas acreditavam que isso poderia ser feito, e agora nós podemos mostrar que realmente é possível," disse o professor Scott Mao, coordenador da equipe.
Os vidros metálicos são materiais únicos na medida em que sua estrutura não é cristalina, como praticamente todos os metais, mas amorfa, com os átomos dispostos aleatoriamente.
Isso lhes dá uma plasticidade toda especial, e alguns cientistas acreditam que é possível até mesmo fabricar vidros metálicos flexíveis.
Vários tipos de vidros metálicos estão sendo desenvolvidos para várias aplicações comerciais porque eles são muito fortes e podem ser processados como se fossem plástico.
Congelamento instantâneo
Para desenvolver sua nova técnica para criar vidros metálicos monoatômicos, Zhong criou um dispositivo para fazer um resfriamento extremamente rápido (1014 K s−1).
Metais elementares, como tântalo e vanádio, são fundidos e, então, resfriados instantaneamente, transformando-se em vidro, com propriedades muito diferentes das que possuíam antes de serem fundidos, quando eram metais cristalinos.
"Nossa técnica também apresenta grande controle sobre os processos reversíveis de vitrificação-cristalização, sugerindo o seu potencial em aplicações microeletromecânicas," escreveram os pesquisadores.
Bibliografia:

Formation of monatomic metallic glasses through ultrafast liquid quenching
Li Zhong, Jiangwei Wang, Hongwei Sheng, Ze Zhang, Scott X. Mao
Nature
Vol.: 512, 177-180
DOI: 10.1038/nature13617

Texto e imagem extraídos do site Inovação Tecnológica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário