segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Como evitar desperdício de água na indústria

Postado por: Indústria Hoje, Vivian Fiorio em: 11, fev, 2015

Na atual situação hídrica do país, a economia desse recurso deve vir de todos os âmbitos, mas os processos industriais podem promover mudanças ainda mais significativas se não houver desperdício de água na indústria.
Como evitar desperdício de água na indústria
A indústria nacional é responsável por cerca de 22% do consumo total de água no Brasil. Para você ter ideia do montante, apenas 6% são destinados a uso pessoal. Na atual situação hídrica do país, a economia desse recurso deve vir de todos os âmbitos, mas é importante frisar que os processos industriais podem promover mudanças significativas nesse quadro. Se não houver desperdício de água na indústria, é claro.
A seguir você vai conferir algumas dicas práticas de especialistas que podem ser aplicadas à indústria para reduzir o altíssimo consumo de água. Trata-se de identificar os pontos de maior consumo e aplicar soluções simples.

5 formas de evitar desperdício de água na indústria

1. Equipamentos de baixa qualidade

Um jeito de evitar o consumo exacerbado de água é optar por máquinas e equipamentos de alta qualidade, afinal, a chance de ocorrer algum vazamento ou outro tipo de problema que cause o desperdício é bem menor quando o material usado tiver sua qualidade devidamente comprovada, a partir de testes feitos após sua produção.
E já que estamos falando de equipamentos, vale ressaltar que a substituição de sistemas de refrigeração de água por sistemas de ar refrigerado traz resultados ótimos para o consumo consciente, visto que o uso de água para resfriar equipamentos aquecidos gera um consumo maior do que o necessário. Portanto, pesquise quais opções são mais ecologicamente corretas antes de comprar equipamentos variados.

2. Erros nas especificações

Ao cometer erros nas especificações de uso de um equipamento, você abrirá as portas para o risco de problemas que provoquem desperdício de água no seu trabalho. Por conta disso, é fundamental ter os conhecimentos necessários para lidar com dados referentes à utilização de água no dia-a-dia. Além disso, é imprescindível ter o máximo de atenção, com a finalidade de evitar distrações.
O mesmo vale para quem vai manejar os equipamentos que contam com a presença de água. Sendo assim, a sua equipe de trabalho precisa ser bastante capacitada e instruída para agir de forma responsável, assim como você. Se determinado profissional for terceirizado ou não conhecer os processos industriais em questão, faça palestras ou apenas reuniões para se certificar que tais pessoas não desperdiçarão água.

3. Falta de reaproveitamento

Em vez de sempre recorrer a peças novas, que tal abusar do reaproveitamento de peças? Pois é, esse tipo de medida é bem simples, mas pode fazer uma grande diferença no consumo de água diário na indústria. Lembre que a água pode ser reutilizada em muitas situações, por exemplo, a água suja de pias pode passar por uma filtragem e ser usada no resfriamento de máquinas.

4. Vazamentos não fiscalizados

A ausência de fiscalização de possíveis vazamentos é um risco enorme para o consumo de água no local onde você atua. Mais do que isso, é indispensável agir de maneira rápida assim que um vazamento for identificado. Caso você demore para solucionar o problema, mais água será jogada fora. Os vazamentos podem acontecer em tubulações, válvulas, bombas, derrames de recipientes, torneiras, etc.

5. Contaminação de água

Os cuidados básicos para que a água não fique contaminada também contribuem para evitar desperdício, afinal de contas, quando a água é contaminada, a alternativa mais comum é jogar o líquido fora, o que significa um desperdício que poderia não ter ocorrido.
Em tempo, as etapas acima podem ser aplicadas a diferentes linhas de produção e sua aplicação não prejudica os resultados finais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário