sábado, 31 de outubro de 2015

Na rua, na chuva, na fazenda: conheça a turbina eólica que vai aonde você for


Energia limpa, renovável e portátil: o Trinity traz bons ventos para quem sabe que o planeta está se esgotando (Foto: Divulgação)
ENERGIA LIMPA, RENOVÁVEL E PORTÁTIL: O TRINITY TRAZ BONS VENTOS PARA QUEM SABE QUE O PLANETA ESTÁ SE ESGOTANDO (FOTO: DIVULGAÇÃO)



Enquanto autoridades governamentais do mundo todo conduzem o debate sobre a renovação da matriz energética a passos de tartaruga, a população fica de mãos atadas, esperando o resultado de infinitos encontros, seminários, acordos etc. Nesse meio-tempo, podemos nos conformar com a lentidão da burocracia global ou ir fazendo a nossa parte. Para os que optam pela segunda opção, uma senhora novidade está a caminho.
O Trinity é uma turbina eólica portátil. A princípio são quatro modelos: 50W, 400W, 1.000W e 2.500W – o menos potente pesa 650 g, o mais chega a 19 kg.  O foco do dispositivo é a recarga de baterias de smarthpone, mas é bom que se diga que o modelo maior pode carregar um carro elétrico e até fornecer energia para sua casa. O aparelho precisa de ventos de no mínimo 6,5 km/h para começar a funcionar e o controle da turbina é feito através de um aplicativo no smartphone. Qualquer aparelho com entrada USB pode ser carregado pelo Trinity e a partir do modelo de 400W os eletrônicos podem ser carregados diretamente, da mesma maneira como fazemos com uma tomada.
O nome, que em português significa “trindade”, vem da estrutura do aparelho, composta por três pés e três pás giratórias. Toda a estrutura externa é feita de “material plástico durável”, segundo a Janulus, empresa dos EUA, responsável pelo desenvolvimento de diversos projetos de sustentabilidade e inovação, incluindo o Trinity. Apesar da companhia ser sediada em Minnesota, ela é formada por islandeses, país que historicamente investe muito em energias limpas.A expectativa é que o Trinity comece a ser comercializado ainda no primeiro semestre de 2016 a partir de 399 dólares. A meta do site de financiamento coletivo Kickstarter foi batida em menos de dois dias: a quantia solicitada era de 50 mil dólares e já foram arrecadados mais de 67 mil – também pudera, os criadores lembraram até de garantir que o dispositivo fosse à prova d´água.
Via Gizmag






Nenhum comentário:

Postar um comentário